Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Projecto Criarte/Memória dos Espaços - Aqueduto de Caneças

 

DESIGNAÇÃO: Aqueduto
LOCAL/ENDEREÇO: Rua Castelo de Vide, ramal das piçarras
FREGUESIA: Caneças
PATRIMÓNIO classificado
CLASSIFICAÇÃO: Interesse Nacional
LEGISLAÇÃO: Decreto-Lei n.º 5/2002 de 19 de Fevereiro
ZONA DE PROTECÇÃO: Sim
PROTECÇÃO:
BENS IMÓVEIS: Conjuntos
BENS MÓVEIS:
FUNÇÃO DE ORIGEM: Abastecimento de água
FUNÇÃO ACTUAL: Sem função
ENQUADRAMENTO: A ideia de abastecer Lisboa a partir de Caneças remonta aos romanos, sendo ainda visíveis os restos da barragem por eles construída no local onde D. João V fez nascer o aqueduto, com a sua escadaria de acesso.
DESCRIÇÃO GERAL E PORMENORES IMPORTANTES: O Decreto do Governo de 16 de Junho de 1910, publicado a 23 de Junho de 1910, na parte referento ao «Aqueduto das Águas Livres, compreendendo a Mãe de Água", em Lisboa, distrito de Lisboa, passa a ter a seguinte redacção: «Aqueduto das Águas Livres, seus aferentes e correlacionados, nas freguesias de Caneças (...)» "A conduta das Águas Livres sai da Mãe-d´Água Velha, construída na margem direita da ribeira de Carenque, e percorre 14.174 metros até entrar na Casa da Água das Amoreiras. O troço que vem do Olival Santíssímo, depois de percorrer 4,292 metros, entra na Mãe de Água Nova, erigida em frente da Mãe-d´Água Velha, na outra margem de Carenque. Deste modo, o comprimento total do aqueduto seria de 18.468 metros, mas, devido às diferenças no nível de implantação das duas mães-d´água, a junção das condutas vinda de Caneças ter transposto a ribeira por um sistema de sifão e após o chamado Salto Grande, onde o fluxo das Águas Livres perde os 5,3 metros de diferença de nível que o separam da corrente do Olival Santíssimo. Assim todo o comprimento do Aqueduto Geral é da ordem dos 18 km, mas o somatório de toda a rede é de 48 km. A juntar os cerca de 12 km das condutas distribuidoras para os diversos chafarizes, dá um total de 60 km." in expresso
"(...) D. Maria e as minas de onde se captam as águas que correm no Aqueduto" in inauguração do Correio de Caneças.
CONSERVAÇÃO: Razoável
ÉPOCA: XVIII
SINTESE HISTÓRICA E ARQUITECTÓNICA: Na segunda metade do século XVIII, D. João V mandou construir uma importante obra civil, o Aqueduto das Águas Livres, como forma de melhorar o abastecimento de água à cidade de Lisboa. Nesta freguesia de Caneças, existem dessa época quatro aquedutos subsidiários do ramal principal, o aqueduto do Olival Santíssimo, o aqueduto do Poço da Bomba, o aqueduto do Vale da Moura e o aqueduto do Carvalheiro.
A decisão definitiva quanto ao lançamento da obra foi a 12 de Maio de 1731, tendo D. João V recorrido aos engenheiros António Canevari, de origem italiana, e o coronel Manuel da Maia, este último, tinha bem consciência desta necessidade, homem habituado a levantar cartas e perfis topográficos e que viria a ser "alma mater" do projecto.
ARQUITECTURA: Civil
ESTILO ARQUITECTÓNICO:
PERIGOS EVENTUAIS: Não
POTENCIALIDADES ESPECTÁCULOS: Não
OBSERVAÇÕES:
BIBLIOGRAFIA: Carvalho, Rui de e Teixeira, Ilídio (?) artigo "A primeira obra de regime" in jornal Expresso.
Plano de Instalação e Reinstalação de Estação ( 1962), Inauguração do Correio de Caneças, Administração-Geral dos Correios, Telégrafos e Telefones do Ministério das Comunicações, Abril.
Ministério da Cultura, decreto n.º 5/2002 de 19 de Fevereiro, artigo 2.º alterações.
Vaz, Maria Máxima (2001), "Fontes e Chafarizes", in O concelho de Odivelas. Memórias de um Povo, Comissão Instaladora do Município de Odivelas, Odivelas, Novembro.
http://www.cm-odivelas.pt/Extras/Patrimonio/detalhe.asp?id=6
publicado por tecnicodesign10m às 16:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Projecto Criarte / Memóri...

. Projecto Criarte / Memóri...

. Projecto Criarte/Memória ...

. Projecto Criarte/Memória ...

. Projecto Criarte/Memória ...

. Criarte, Inovar os lugare...

. Cidades criativas

. A Casa da Juventude de Od...

. Visita de estudo à Exposi...

. Visita de Estudo ao Museu...

. Arquitectura e Humanismo

. Requalificação do espaço ...

. Criação

. Conceitos

. Constituição da turma

. Em construção

.links

.pesquisar

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags