Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

Visita de estudo à Exposição Os Gregos. Tesouros do Museu Benaki, Atenas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A grande matriz da Cultura da Europa é grega, presença que terá hoje maior evidência material através da Filosofia, da Mitologia, do Teatro e da Arte, objectos da atenção e de estudos contemporâneos e de constante curiosidade dos povos a Ocidente e a Oriente ao longo de mais de dois milénios.

«Os Gregos», que nos é permitido conhecer melhor através desta exposição, são convocados por objectos que reflectem o seu pensamento e acção, num tempo que vem do Neolítico, representado por cerâmicas do 6.o milénio, e que se desenvolve até à reunião deste povo como País num Estado Helénico em 1830.

Trata-se de um conjunto altamente representativo da sua riquíssima história, cedido pelo Museu Benaki, de Atenas, através de uma criteriosa e muito generosa selecção de peças das suas colecções.

publicado por tecnicodesign10m às 08:05
link | comentar | favorito

Visita de Estudo ao Museu de Etnologia - Lisboa

 

 

 

 

 

 

 

 

Criado em 1965, o Museu Nacional de Etnologia acolhe, de acordo com o seu âmbito universalista, colecções de variados países.
De entre elas destacam-se as que resultaram de sucessivas campanhas de recolha efectuadas em Portugal, contemplando a alfaia agrícola e demais instrumentos de trabalho e séries de objectos ligados à vida rural portuguesa.
Do seu vasto acervo destacam-se ainda as colecções africanas, representativas de povos e culturas de Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Mali, Costa do Marfim, Gana, Nigéria e Camarões; e importantes colecções representativas dos Índios da Amazónia, Indonésia, Timor e Macau.


publicado por tecnicodesign10m às 07:55
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Arquitectura e Humanismo

A qualidade do ambiente tem vindo a ser destruída no mundo inteiro e também em Portugal. O equilíbrio entre a cidade e o campo, as relações de harmonia entre paisagens naturais e a arquitectura dos espaços urbanos já começam a ser, em muitos sítios, uma recordação de tempos passados. No entanto, no nosso país ainda existem locais – santuários, praças públicas ou simples terreiros em aldeias humildes – que testemunham o sentido da arquitectura e que são fontes de inspiração para as gerações seguintes. A arquitectura tem, portanto, o poder de evocar o sentido do tempo, do lugar e das pessoas – pessoas sem as quais nada teria sentido. Pode dizer-se que o homem traduz na arquitectura e que esta, por sua vez, se traduz em valores humanos. Mas de que humanismo se trata? E será que se pode concluir que o liberalismo é o grande responsável do mais recente humanismo?
No processo de transformação urbana que estamos a viver, o arquitecto está a ser utilizado em função de interesses essencialmente comerciais e especulativos – fora da sua vocação e aptidão ética. É natural que, nesta situação, o arquitecto se interrogue sobre a forma como deve actuar e sobre qual deve ser o seu papel no seu país. Vivemos numa época de cepticismo, face às ameaças que se colocam no horizonte: onde estão os novos ideais e as utopias que alimentam o sonho do homem?
Quanto a nós, mesmo sendo o arquitecto um demiurgo, a sua actividade nunca poderá deixar de ser uma arte social – sob pena de nada ser… Para o bem e para o mal, o arquitecto nunca poderá de deixar de viver, no terreno, todas as contradições resultantes do confronto entre vários interesses. Cabe ao arquitecto captar o espírito de cada lugar e, embora com outras funções ou diferentes materiais, manter intacto o seu encantamento – de fórmula química desconhecida –, estimulando a troca de experiências entre pessoas, a convivência e a solidariedade…
Pensamos que a arquitectura é uma forma universal de ordenar o mundo que nos rodeia, para a qual contribuíram, através dos tempos artistas, artesãos, cientistas, os quais – em conjunto com a população anónima – construíram obras por todo o mundo. Assim, a função principal da arquitectura e dar significado ao ambiente construído e, simultaneamente, responder às necessidades físicas e psicológicas do homem, no seu habitat. É fundamental perceber que as obras construídas são testemunhos vivos das convicções investidas pelo homem, consciente ou inconscientemente, e representam o seu «humanismo».
 
Vasco Croft – “Arquitectura e Humanismo”
publicado por tecnicodesign10m às 09:19
link | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Requalificação do espaço público de Caneças - Jardins da Água

O projecto de requalificação do espaço público de Caneças tem como objectivos a requalificação do espaço público de centralidade da vila de Caneças, a melhoria da mobilidade pedonal e viária, a regulação do estacionamento, a redefinição de áreas funcionais e a requalificação da imagem urbana.

Este projecto constitui-se como estruturante no território e uma oportunidade para valorizar, qualificar e potenciar a oferta turística, através da sua inserção em roteiros associados a temáticas histórico-culturais (vestígios muçulmanos, património classificado), ambientais, de lazer, gastronómicas, entre outras, contribuindo igualmente para a valorização e divulgação do património cultural, móvel e imóvel inserido naqueles roteiros.

O projecto de requalificação pretende atingir aqueles objectivos e "homenagear" o património cultural da freguesia - as fontes e a água - através da sua reinterpretação e materialização na proposta apresentada.

Projecto com características estratégicas ao nível da recuperação do património, da valorização do ambiente urbano e da dinamização da oferta cultural e turística.

Câmara Municipal de Odivelas


http://www.cm-odivelas.pt/CamaraMunicipal/ServicosEquipamentos/PlaneamentoEstrategico/jardins_agua.htm


publicado por tecnicodesign10m às 10:54
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Criação

Criar não tem nada a ver com a arte de escrever ou ilustrar bem, mas sim com a arte de pensar.

Interact, Comunicação Interactiva, Lda
 
publicado por tecnicodesign10m às 18:21
link | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Conceitos

Fantasia é tudo o que antes não existia, ainda que irrealizável.


Invenção é tudo o que anteriormente não existia, mas que era exclusivamente prático e sem problemas estéticos.


Criatividade é tudo o que antes não existia, mas era realizável de maneira essencial e global.


A fantasia, a invenção e a criatividade pensam, a imaginação vê.


Bruno Munari 

publicado por tecnicodesign10m às 22:39
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Constituição da turma

Adriana


Anderson Pedro


André

Bruno Magalhães

Bruno Bernardo

Daniel

DéboraCarina

Emanuel José

Filipe Daniel

Hélder Filipe

Jorge Manuel

Leiny Soraia

Marco

Marta Sofia

Micael

Pedro Jorge

Rui Filipe

Sandra Cláudia


Sónia Andreia

Valter José

Vanderley

Hamilton

Óscar Manuel

publicado por tecnicodesign10m às 16:13
link | comentar | favorito

Em construção

Bem vindos ao nosso blog mas informamos que estamos na fase de construção. Obrigado

publicado por tecnicodesign10m às 15:52
link | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Projecto Criarte / Memóri...

. Projecto Criarte / Memóri...

. Projecto Criarte/Memória ...

. Projecto Criarte/Memória ...

. Projecto Criarte/Memória ...

. Criarte, Inovar os lugare...

. Cidades criativas

. A Casa da Juventude de Od...

. Visita de estudo à Exposi...

. Visita de Estudo ao Museu...

. Arquitectura e Humanismo

. Requalificação do espaço ...

. Criação

. Conceitos

. Constituição da turma

. Em construção

.links

.pesquisar

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

Em destaque no SAPO Blogs
pub